Notícias

Bancários participam de programação cultural pelo Dia Internacional da Mulher

12/03/18

Os bancários do RN partiicparam na manhã da quinta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, de uma programação cultural em alusão a data para lembrar os vários enfrentamentos que ainda devem ser feitos em busca de uma sociedade mais igualitária. O encontro ocorreu na Praça André de Albuquerque, na Cidade Alta, em Natal, e contou com café da manhã, debate, feirinha de artesanato e oficina de turnamtes. À tarde houve passeata pelas ruas do Centro da Cidade, movimento unificado com vários movimentos sociais.

A data é importante para lembrarmos a luta das mulheres por igualdade de oportunidades e direitos. Momento oportuno para refletirmos sobre sua origem - uma greve - e seu significado – a necessidade de não retroceder.
Vivemos um momento dialético, se por um lado os números da violência contra as mulheres assustam, por outros temos evidenciado a sororidade, o que tem dado forças para que cada vez mais mulheres falem, denunciem e exponham situações que nem deveriam mais existir como violência doméstica e assédio sexual.
A Reforma da Previdência é outro problema que deve ser destacado nesta data. Ela ataca muito mais as mulheres do que os homens, uma vez que exige tempo de contribuição igual para ambos os sexos, ignorando números e pesquisas que expõem o quanto as mulheres trabalham mais que os homens, principalmente em ambiente doméstico.
Mas o jogo parece estar virando. Mais e mais mulheres têm conseguido se destacar nas mais variadas áreas de atuação, têm exposto problemas e apresentado soluções, têm mostrado que o feminino não deve ser dissociado do feminismo e que, mais do que nunca, lugar de mulher é onde ela quiser.
 

LUTA BANCÁRIA

Mais revistas