Notícias

Calor e lotação na agência BB Alecrim

03/04/18
Parece que a expansão dos lucros do Banco do Brasil não vem sendo suficiente para a empresa oferecer o mínimo de conforto a seus funcionários e clientes. Mesmo divulgando que em 2017 o lucro líquido ajustado cresceu 54%, alcançando R$ 11,1 bilhões e prevendo para 2018 ganho entre R$ 11,5 bilhões e R$ 14 bilhões o BB deixa de oferecer o básico aos seus: ar condicionado.
Na agência do Alecrim, semana passada, o Sindicato encontrou a antessala do inferno. Pessoas se amontoando e abanando sem saber quando seriam atendidas. Bancários reclamavam do calor e da dor de cabeça imposta pela falta de condições de trabalho. 
Esperamos que o Banco tome as medidas necessárias para sanar o problema e reconheça que, em uma cidade como Natal, é inviável um ambiente sem refrigeração.

LUTA BANCÁRIA

Mais revistas